sexta-feira, 9 de agosto de 2013

Obrigada por voltar



O meu dia não está lá muito bom, por isso eu resolvi adiantar esse texto, porque não é todo dia que se tem uma notícia não boa.
Eu passei uns onze anos pensando que tudo estava bem (e estava, mas eu ainda não sabia) e que eu poderia ter notícias suas quando quisesse, mas um dia eu descobri que não era bem assim, porque afinal de contas, você havia desaparecido. Passei um bom tempo desesperada e procurando filmes do fim da década de 90 e do começo dos anos 2000, porque pensava que seriam as minhas últimas chances de ver você.
Uns posts assustadores perdidos pela blogosfera, mas algo me dizia que não era verdade. Eu sabia que tínhamos uns amigos em comum, mas não tinha coragem de perguntar pra eles. Até que um dia, apareceu um cara com o link pro teu perfil, mas não tinha nem fotos e nem amigos lá, o que estava quase acabando com as minhas esperanças. Um tweet com um endereço de e-mail me fez pensar durante algum tempo e me deu coragem. Escrevi, mas sabia que as chances de não haver resposta e/ou d'ela demorar seriam enormes, mas ela chegou em poucas horas. Chyler, nunca terei palavras pra te agradecer.
No mesmo dia, eu recebi a notícia de que eu conheceria os meus ídolos que chegaram na minha pré adolescência, mas a felicidade foi completa porque eu também tive notícias do cara que chegou na minha vida 5 anos antes, em uma época em que eu nem sabia escrever direito, mas me esforçava pra falar dele no meu diário.
O Andros nunca sumiu do meu coração e nem vai sumir, mas foi muito bom saber que a parte viva dele só sumir porque estava trabalhando na sua HQ.
Obrigada por voltar pros seus fãs, mas eu te agradeço ainda mais por voltar pra mim.

(1 ano )

quarta-feira, 6 de março de 2013

Você deixou saudade ... ♫


Hoje eu acordei bem, porque teria um dia tranquilo em casa. Teria. Resolvi checar o Facebook e me deparei com a notícia da morte do Chorão. Fiquei em choque.
Ouvi Charlie Brown Jr. praticamente todos os dias desde a minha pré adolescência até os 18 anos. Foi uma das minhas bandas preferidas durante muito tempo. A banda xará de um dos meus personagens preferidos. Fazia muito tempo que eu não escutava as músicas, mas parei pra fazê-lo ainda no Domingo.
É inacreditável!
O Chorão sempre teve o meu respeito. Ele fez um show na minha cidade natal em 2010 (e cobrou a reforma da pista de skate ao prefeito). Disse que voltaria no ano seguinte, e voltou mesmo! Mas não só por isso, ele esteve presente em vários momentos na minha vida sem nem ao menos me conhecer: nas aberturas de Malhação, me fez querer aquelas garrafinhas da promoção da Coca-Cola, nos meus momentos de tristeza por causa da escola, desilusões amorosas, quando eu disse AZUL pra algum amigo meu, nas minhas tardes solitárias ouvindo música alta em casa e até no meu diário.
Quase fui pisoteada em um show, perdi meu brinco preferido e a minha tão sonhada jaqueta vermelha. Tudo por causa dele.
Ele deixou um skate lá na minha cidade, está em uma avenida, perto da pista de skate que foi reinaugurada quando a banda passou por lá da última vez. Sempre me lembrarei dele em momentos como esses e também quando eu passar pela Beira Rio  (mesmo que tirem o skate de lá um dia).
Por todas as alegrias, momentos de rebeldia e até mesmo pelas lágrimas: valeu, Chorão. Um dia a gente se encontra. 

A Ruiva e A Japonesa

Conheço muita gente que ama ruivas e/ou que também ama japonesas. E também conheço muita gente que ama Soulstripper!
Ontem, a banda lançou duas músicas novas, uma sobre uma ruiva e uma sobre uma japonesa. Amei as músicas e resolvi voltar pro blog pra divulgar as músicas.






A banda merece os parabéns. Eles se superam a cada música.

blogando por aí


Voltei! Aconteceram tantas coisas nos últimos meses que eu nem sei por onde começar...
Eu meio que abandonei o blog, mas a verdade é que eu não deixei de escrever.
Existem alguns assuntos sobre os quais eu queria escrever, mas eles não se encaixam aqui, então, resolvi me aventurar e colaborar com outros dois blogs São eles:


Imaginem um diário de comportamento, moda e música. Cheio de DIY, looks do dia, peças cheias de estilo,  wishlists maravilhoas, coisas que são tendência no mundo, mas sem perder a identidade brasileiríssima. Assim é o Pouco Brega blog do Rafu, da Flávia e da Liz, criado em 2011. Me inscrevi pra ser colaboradora de lá em Novembro do ano passado e estou amando a experiência.





Lembram que eu prometi que contaria várias coisas sobre Power Rangers aqui no blog? No final do ano passado e com o fim de alguns blogs legais sobre a série, eu e dois amigos que fiz quando estava à procura do Christopher, resolvemos criar o nosso próprio blog, o Galáxia Rangers. Lá falamos de brinquedos, como os atores estão atualmente, curiosidades e outras coisas.


Bem, é isso. Espero não abandonar aqui mais uma vez e que vocês visitem os blogs.

Eles também estão no Facebook:
Pouco Brega e Galáxia Rangers


terça-feira, 6 de novembro de 2012

I used to sit next to you at school ... ♫


Já faz um tempo que eu tenho vontade de falar disso aqui no blog, mas por coincidência, eu só tive tempo nesta semana, que coincide com o show do The Darkness no Brasil. A banda vem ao país pela primeira vez para abrir os shows da Lady Gaga (não gostei disso, quero um show só deles).
O título deste post é um trecho da música Friday Night, e nada mais justo do que inaugurar esta categoria com foto de dois membros da banda.

A inspiração surgiu dos filmes,seriados estadunidenses. Perdi a conta de quantos filmes/seriados que eu assisti que alguém olhava o anuário. Já parou pra pensar que aquela pessoa que estuda com você pode mudar totalmente (ou não) e ficar famosa? [Nas escolas onde eu estudei as fotos ficam no corredor (medo das minhas HAHA)]






As gracinhas da foto são os irmãos Justin e Dan Hawkins, ambos são guitarristas da banda. Justin também é o cantor da banda, e o Dan é backing vocal.
Pra quem não conhece, eu indico. Tem riffs legais, um vocalista dançante muito glamour (HAHA). Parece uma banda de rock dos anos 80, mas é de 2000.
Se alguém ficou curioso, tão aí duas músicas: Love is only a feeling e Growing on me. (também indico Girlfriend, Everybody have a goodtime e Nothing gonna stop us)

Eles não mudaram muito.
E aí? O que acharam ?
Algum leitor vai ao show ?


(Encontrei as fotos aqui)

segunda-feira, 29 de outubro de 2012

parabéns Flávio!

No ano passado, eu fiz um post de aniversário pro Fabiano Carelli, e lembrei que o aniversário do Flávio era no outro dia, mas esqueci de postar. Neste ano eu vim me retratar.
O Flávio é um excelente baixista, escreveu "Fátima" (junto com o Renato) na época do Aborto Elétrico, música que foi herdada pelo CI e ainda é tocada nos shows, e apesar de ser meio na dele, ele cativa os fãs.
Meus posts sobre os meus ídolos sempre soam clichês, mas eu desejo ao Flávio tudo de melhor que houver nessa vida, porque ele merece.
(e parabéns pro Fabi também )

Ps: tá aí o quinto vídeo sobre a gravação do novo CD do CI (Saturno)
Ps2: tá aí a música nova pra quem ainda não ouviu.

domingo, 14 de outubro de 2012

Turma da Mônica Jovem nº 50 - Edição Comemorativa

Finalmente saiu a polêmica quinquagésima edição da Turma da Mônica Jovem. Eu estava curiosa sobre esta edição, então resolvi comprar e fazer as minhas considerações.
Quando esse mangá dos trópicos começou a ser publicado, eu queria muito, assim como queria a Luluzinha Teen, mas eu já comprava Hellsing e Full Moon na época, então eu não tive dinheiro para comprar tudo. Uma prima mais nova ganhou de presente e eu li algumas, e muita gente fala mal e tudo, mas eu gostei de ambas. (a Luluzinha fica pra outro dia)
O que eu achei legal é que mesmo com as histórias da turma crescidinha, as histórias deles crianças não deixaram de ser publicadas, e mesmo como tempo a essência deles não mudou muito(mas volto a dizer que li poucas, logo se eu estiver errada, me corrijam).
Não acho graça contar o fim da história, mas posso adiantar que não é exatamente o que a maioria pensou quando soube que a Mônica e o Cebolinha iam ser casar. E a edição ainda vem com um pôster lindo.
Alguém aqui já leu? Se sim,o que achou?

sexta-feira, 12 de outubro de 2012

os melhores momentos que posso sofrer ♫ (parte 3)

Fê ♥ (a outra menina é a minha amiga da faculdade, Jéssika)
Ultimamente o Capital tem sido um assunto freqüente aqui no blog.
Nesse post contei que eu os conheci pessoalmente, em Agosto deste ano, foi uma emoção indescritível. No dia 22 de Setembro eu fui ao show deles em Juiz de Fora-MG e para a minha surpresa consegui reencontrá-los! Finalmente comprei o Levadas e Quebradas, o livro que o  escreveu (começou como um blog no MySpace) e consegui o autógrafo dele. Desta vez não deu pra falar e nem tirar fotos com todos eles, mas não tenho muito do que reclamar. O show foi perfeito, muito emocionante (direi isso a cada show deles).
Estar perto do seu ídolo é um emoção incomparável. Em menos de um ano, couberam muitos abraços. É muito bom quando o seu ídolo olha pra você na hora do show e tenta te alcançar, mas mesmo que ele não te olhe, de certa forma e ele te alcança. Além de conhecer aqueles que amamos, também fazemos amigos novos que também os amam, e nós também ficamos felizes um pelo outro. Tem gente que acha que é sorte, pode até ser, mas é bom contar com a sorte e correr atrás do seu sonho ("Quem não tem nada, não tem nada a perder. Se quem espera sempre alcança, comece a correr." ♫) , existem alguns inconvenientes pelo caminho, mas encontrar com o seu ídolo vale a pena. Desde 2004, Capital Inicial ♥. (Receber um agradecimento de alguém a quem você é grato não tem preço.)

Obs: não consigo colocar muitas fotos em um post, então escolhi essa foto com o Fê porque o livro dele (ainda não terminei de ler, mas estou apaixonada) é um dos temas deste post. As outras fotos estão aqui.