sexta-feira, 12 de junho de 2009

e de repente ...


a gente se pega levando a sério, as coisas que a gente perdeu, e as coisas que a gente não têm, talvez, porque a gente tenha se preocupado demais em fazer as coisas para agradar os outros, ou até mesmo, desagradá-los, e no final, a gente só percebe, que a única coisa que realmente aconteceu foi que não importa o que a gente tenha feito, deu tudo errado ¬¬ .
às vezes, eu tenho vontade de sumir , e não voltar nunca mais, mas eu não sou covarde (ou seria corajosa ? '_' ) o suficiente para fazer isso , e às vezes, eu sinto raiva disso.
as pessoas dizem umas as outras para simplificar as coisas, mas, elas acabam complicando isso ainda mais em certos momentos.
aí, nessa hora eu lembro da música do Los Hermanos : " Meu pai um dia me falou pra que eu nunca mentisse, mas, ele também se esqueceu de me dizer a verdade da realidade do mundo que eu ia saber, dos traumas que a gente só sente depois de crescer . " . Isso se parece muito com a minha vida, eu nunca tinha entendido antes a frase : "Eu era feliz, e não sabia.", agora, eu lamento por ter entendido.

Nenhum comentário:

Postar um comentário