domingo, 4 de outubro de 2009

é outro patamar


às vezes, as pessoas dizem que se alguém te diz ou faz algo que você não gostou, você não deve responder, para não dar a essa pessoa o gostinho que ela queria, ou seja, te dizem para não descer do salto .
será que eu faço isso quando eu reclamo de alguém aqui ?
acho que não né ? porque se eu desse uns murros bem dados na cara de certas pessoas, além de me trazer sérios problemas, elas talvez ficassem felizes, vai ver que elas me enchem tanto o saco, porque querem ter a honra de apanhar de mim ( e apesar de às veze eu querer fazer isso, eu não darei essa honra à eles ) .
então, eu não vejo nenhum problema em falar delas, até porque, eu não cito nomes, mas, por isso, se alguém ficar irritadinho, é porque a carapuça serviu perfeitamente, e não ficaria melhor em ninguém .
portanto, pouco me interessa quem foi o bestão ( ou a bestona ) que votou NÃO GOSTEI na enquete, eu sei que o meu blog não está ruim, e que essa pessoa não teria capacidade de fazer uma coisa melhor .
aí vai uma frase, ou melhor um textinho da Fernanda Young, que eu achei esses dias no orkut .
Eu te amo!É seu ódio que me dá forças para continuar.Sei que vc vive falando de mim por aí, e esse tipo de propaganda boca a boca não tem preço. Todos ficam interessados em conhecer uma pessoa tão o oposto de vc.Vc poderia estar fazendo outras coisas- cuidando da sua vida, dedicando-se ao seu trabalho, estudando um pouco. Mas não: vc prefere gastar seu tempo me detestando. Não sei nem se mereço tamanha consideração.Prometo não mudar, principalmente nos detalhes que vc mais detesta.Prometo jamais te responder à altura quando vc for grosseiro comigo. Pois sei que isso te faria ficar feliz com uma atitude minha, sendo uma ameaça para o sentimento tão puro que você me dedica.Prometo que se algum dia, vc deixar de me odiar sem motivo, mesmo assim continuarei te amando. Porque eu não sou daquelas que esquece de quem contribuiu para seu sucesso.Pena que vc não esteja me vendo neste momento, pois veria o meu sincero sorrisinho agradecido - e me odiaria ainda mais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário