quarta-feira, 14 de outubro de 2009

inside out


aqui,
uma pequena compaixão para que você desperdice em mim ,
eu sei que você está fingindo, mas está tudo bem ...
e eu não quero me demorar no assunto
não quero te punir,
eu nunca quis que isso acabasse desse jeito .

e mesmo que quisesse ,
eu acho que isso não te afetaria
não há nada que eu possa dizer
pra fazer você se sentir vivo novamente .

aqui, um pouco de ciúmes .
espero que você pense em mim ,
espero que você se pergunte onde eu durmo à noite ,
porque eu me sinto como se estivesse do avesso ,
você me deixou de ponta cabeça .
talvez, eu estivesse agarrada com força em você .

e mesmo que quisesse ,
eu acho que isso não te afetaria ,
não há nada que eu possa dizer
pra fazer você se sentir vivo novamente .

então, simplesmente não me diga adeus
apenas de meia volta e vá embora
e se você tiver sorte, eu serei seu último arrependimento,
apenas sua amiga .

nós dois sonhamos como um
nós dois, nós dois
nós dois respiramos como um
nós dois, nós dois .

eu acho que isso terminou agora ,
eu acho que isso é chamado de separação .
mas, a cada dia eu aprendo como lidar com a minha vida .


e mesmo que quisesse
eu acho que isso não te afetaria
não há nada que eu possa dizer
pra fazer você se sentir vivo novamente .

então, simplesmente não me diga adeus ,
apenas de meia volta e vá embora ,
e se você tiver sorte, eu serei seu último arrependimento,
apenas sua amiga .
YELLOWCARD

Nenhum comentário:

Postar um comentário