quarta-feira, 31 de março de 2010

eu joguei o mundo fora, pra você me ouvir dizer não me jogue fora . [2]


hoje, o pessoal da sala estava em uma discussão ( como sempre HAUHA ) sobre namoros e santas do pau oco .
eu penso o seguinte : só porque você tem um namorado, você não vai ficar dizendo que não vai fazer o que você quer por causa dele, é claro que tem que haver respeito, mas, ele não é o poderoso chefão mandando em você, e se você falar que não pode fazer isso ou aquilo, vai estar sendo idiota colocando a culpa nos outros .
e se ele terminar com você por isso, é mais idiota ainda você chorar de manhã, e se comportar como qualquer uma na primeira festa que vai . ¬¬

sete dias vão, e eu nem fui ver ♫


nossa :O
hoje nem é sexta-feira, mas, tá parecendo .
essa semana foi " curta ", por causa de ficar sem aula durante dois dias, mas, aconteceu muita coisa . festas, final de reality show ( HAUHA ), testes, trabalhos, twitter, histórinhas que andam inventado ( pra variar ¬¬' HAUAHUAH ), meu pc voltou *-*, parentes chatos, perguntas no sense e blá blá blá .
enfim, agora eu implicando comigo mesma, sei lá cara, me achando mais esquisita do que de costume, sei lá, vai ver que semana que vem, ou no fim dessa semana, isso passa, ou não . .-.

sexta-feira, 26 de março de 2010

what can I do, honey ? I feel like the color blue ... ♫


AAAAAAAAAAAAAAAAHW ! D:
tão triste porque o peixinho morreu .
ele nem era meu, era da minha mãe, mas, eu cuidava dele na maior parte do tempo .
a vida de um Beta deve ser meio triste porque ele fica lá no aquário sozinho, mas, pelo outro lado, deve ser boa, porque ele não tem ninguém pra encher a paciência, e muito menos vizinhança .
foi tão triste olhar pra ele com aqueles olhinhos de defunto x_x
ele ficou tão pouco tempo aqui em casa ( uns 4 meses ) e eu nem sabia quanto tempo ele tinha de vida :/
resumindo : bichinhos mortos me deixam deprê, e eu vou ficar com muitas saudades dele T_T

quinta-feira, 25 de março de 2010

eu joguei o mundo fora pra você me ouvir dizer não me jogue fora .


eu gosto de uma música chamada I WANNA, que eu ouvia sem prestar muita atenção, mas, hoje, eu resolvi ficar atenta .
e cheguei nas mesmas conclusões de sempre, eu continuo achando que não vale a pena se sacrificar por pessoas que não estão nem aí ( esteja você apaixonada por elas, ou não ) .
tava pensando nisso vendo a novela também, tem gente que acha que só porque você gosta dele(a), ou, porque você é mais novo ( no caso da família ) você vai obedecer, fingir ser quem você não é, e vai ficar tudo bem .
querer fazer os outros de fantoche também é falta de educação , e não questinoar certas coisas é falta de amor próprio .
e, por falar em educação, e eu realmente gostaria que as pessoas, ao invés de esperar favores dos outros, tivessem educação e não ficassem mexendo em tudo quando vão na sua casa, tivessem a decência de pedir licença, para a pessoa que está na frente de ônibus na hora de abrir a janela ( porque a pessoa do banco da frente, pode ficar brava e fechar a sua mão, que nem eu fiz :B )

domingo, 21 de março de 2010

desventuras em série


eu poderia estar aqui felicíssima, escrevendo como o meu final de semana foi maravilhoso , afinal, eu ganhei o sapato que eu queria, fui ao show que eu queria e comprei o brinco que eu queria .
mas, o tal do Universo resolveu conspirar contra mais uma vez ( bicho incansável ¬¬ ) .
bem, hoje, eu estava felizona, porque era dia do show da Montanha Russa *-* , mas, como sempre, a companhia que eu preciso nunca aparece na hora certa, e eu tive que ir com a minha mãe . aew ela ficou dizendo : " sua amiga sou eu . "
ah, cara qual é ? amigo que é amigo te aceita como você é, não fica querendo de mudar, ainda mais quando te faz sentir mal por não gostar disso, ou daquilo em você .
eu quase peguei cd, camiseta ... mas, sempre aparece um espertinho que nem gosta, mas, tá lá só pra encher o saco D:
e quando acabou o show, eu não pude conhecer pessoalmente os carinhas da banda, porque a minha mãe ficou me chamando ( mas, daria se não fosse o cara que tava tirando foto colocando impecilho ) .
tirando essa conspiração toda, o show foi ótimo, o meu sapato é lindo, e o cara que me vendeu o brinco era hippie e pensa como eu ( foi embora de casa, porque a achava a cidade em que ele morava, pequena demais pra ele ) .
mas, eu ainda estou mal .

quinta-feira, 18 de março de 2010

eu posso até morrer de fome, se você não me amar ♫


bem, vamos pensar em uma coisa :
mesmo que você conheça o seu chuchuzinho há anos, vocês não nasceram colados, e quando ele te viu, você não estava morta e foi ressuscitada por ele ( e vice - versa ) . então, porque diabos as pessoas cismam em dizer que vão se matar quando alguém quer terminar o namoro ? ( greve de fome eu até acho legal fazer, porque chega até a ser " poético ", mas, essa é só a minha opinião ... )
sinceramente, por mais que eu gostasse do carinha, se ele resolvesse terminar comigo, eu não diria a ele que eu ia me matar por causa disso, por vários motivos :
1º se ele consegue, viver sem mim, mesmo que demore um tempo, eu vou conseguir viver muito bem sem ele .
2º se o cara resolver voltar atrás, é porque não se ama, e nem me ama, tem é pena de mim .
3º chantagem emocional é meio ridículo .
então, em primeiro lugar, goste bem mais de você antes de qualquer coisa,
porque, você não pode obrigar alguém a gostar de você .

I ain't no goddamn son of a bitch, you better think about it baby ♫


hoje, quando eu abri o msn, tinha uma entrevista com a Joan Jett no Windows Live Hoje, e na última frase da entrevista, ela dizia o seguinte :
" Acho difícil me avaliar. Outras pessoas me chamam de rebelde, mas, para mim, estou simplesmente vivendo minha vida e fazendo o que quero fazer. Às vezes as pessoas chamam isso de rebeldia, especialmente no caso de uma mulher. Um homem que sabe o que quer é visto como líder. Se uma mulher sabe o que quer, ela é uma vadia . "
e mais uma vez, eu fiquei pensando nisso .
por que será que os homens quando fazem o que dá na telha são bem resolvidos, mas, quando são as mulheres que fazem isso, elas são chamadas de vadias, desocupadas, lésbicas e blá blá blá ... ?
quem disse que toda mulher, pra ser mulher tem que usar vestidinho e salto alto e andar com a cara cheia de maquiagem ?
ser mulher de verdade, não tem nada haver com a sua aparência, tem haver com o modo como você encara as coisas, e o que você decide fazer da sua vida .
então, para as bestonas que gostam de me criticar, vai o recadinho :
" vocês podem me chamar do que for, mas, não podem dizer que são mais mulheres do que eu, porque não são . " . :D

quarta-feira, 17 de março de 2010

with a friend to call my own ♫


o mundo parecia conspirar contra um garoto sensível, que se sentia sozinho, mas, quando ele estava com o seu cachorro, não era a mesma coisa .
não é de Charlie Brown e Snoopy que eu estou falando (milagre né ? eu sei ). estou me referindo a Willie Morris e Skip .
o filme ( Meu Cachorro Skip ) foi baseado em fatos reais, mas, mesmo que fosse uma história de ficção, muita gente iria se identificar .
o garoto era filho único, não tinha nenhum amigo da idade dele, e todo mundo enchia a paciência dele na escola ( é, eu sei bem como é ... ) . quando ele fez nove anos, ganhou um cachorro, sem o seu pai concordar ( pois, ele achava que se alguma coisa de ruim acontecesse ao cachorro, o garoto já sofreria mais do que de costume ) .
o cachorro era sozinho, e o menino também, então, se tornaram o melhor amigo um do outro .
algumas pessoas naquela época ( e ainda hoje ) eram meio racistas, mas, o menino e o cachorro não se importavam, então arranjaram novos amigos e novos ídolos ( já que o vizinho, que era ídolo do menino, havia ido para a guerra ) .
um dia, durante um jogo de baseball, o cachorro invade o campo, e todo mundo manda o menino tirar o cachorro de lá, mas, ele não obedece, então ele bate no cachorro, todo mundo acha ruim, e o cachorro vai embora ( não dizendo que o menino estava certo, mas, ajudar, ninguém quis ... ? ) .
o vizinho deles já havia retornado para casa, e todo mundo dizia que ele era medroso, pois havia " fugido " da guerra, mas, o menino entendeu, que ele havia feito isso, não por medo de morrer, e sim, porque matar é uma coisa horrível . depois, o garoto foi procurar o cachorro, que havia apanhado de um bandido, aí, o vizinho, que até então era " covarde ", veio defender o menino e o cachorro, que foi levado às pressas ao veterinário .
o médico disse que só Deus sabia se o cachorro ia sobreviver, e enquanto o menino se lamentava, o cachorro acordou :]
os anos se passaram, e Willie ganhou uma bolsa de estudos na faculdade e teve que se mudar, seu quarto ficou para Skip, que sentia muito a sua falta. algum tempo depois, seu pai lhe telefonou, para dizer que Skip havia morrido, e ele o enterrara embaixo da árvore dele e do menino .
mas, para Willie, Skip estava enterrado em seu coração, e ele pensou em Skip todos os dias .
__
nem precisa dizer que eu chorei muito e fiquei abraçada com a minha cachorra, pensando em como vai ser no ano que vem, se eu for fazer faculdade fora :/
realmente, o cachorro da nossa infância, nos ensina muita coisa, menos a pensar em como seria a vida sem ele ...

terça-feira, 16 de março de 2010

music is very good ♫


eu sei que essa postagem está atrasada, mas, a intenção é o que vale .
já faz tanto tempo que eles nos deixaram, e até hoje a minha ficha não caiu :/
eu era uma criança , e nem sabia falar direito, mas, sempre que eu os via na televisão, ou escutava alguma música, eu parava tudo o que eu tava fazendo só pra berrar a letra de Pelados em Santos .
e quando alguém veio me contar a triste notícia ( agora eu não lembro se foi o meu pai, ou a minha tia ), eu fiquei meio sem entender, mas, sabia que eu não ia ser a mesma coisa nunca mais .
as pessoas adoram renegar que gostavam disso ou daquilo na infância, mas, com eles é diferente, porque eles são eternos, são os caras que representaram uma alegria sem fim, e o que é estranho, pois ela teve um fim, mas, não acabou completamente, mas, parece que a saudade vem tomando conta a cada dia mais :(
eles são influência, amor, boas lembranças, mas, principalmente ... inesquecíveis .

( a primeira banda de rock que a gente curte, mesmo sem saber o que é rock, a gente nunca esquece ) .

segunda-feira, 15 de março de 2010

escutando baladas bregas ♫ :}


já que o blog serve pra mim botar o bloco na rua com as minhas " contradições, conFISSÕES e confusões " , hoje eu vou assumir uma coisa, mas, que talvez muita gente já saiba ...
é cara, eu ainda escuto Sandy e Júnior *-*
e eu nem acho uma coisa do outro mundo, porque é uma coisa que fez parte da minha infância, como Claudinho e Buchecha ( que eu também gosto até hoje ) e Power Rangers ( que eu sinto a maior saudade ) .
ontem eu estava ouvindo Falamansa :)
não tenho nenhum preconceito com as coisas que fizeram parte do meu passado, afinal, se eu gostava há uns anos atrás, porque eu deveria esconder isso agora ? ( tem dia que eu sinto saudade até das músicas da Chiquititas :B da Floribella também nem se fala HAUAHUAH ) .

domingo, 14 de março de 2010

então, melhor ter nada e lutar pelo que eu quiser ♫


hoje eu fiquei ouvindo Falamansa ( Xote dos Milagres ) o dia todo .
e isso me trouxe uma reflexão :
às vezes é melhor abrir mão de certas coisas, mesmo que você goste delas, só pra ninguém ficar jogando tudo na sua cara, e lutar pelo que você quer, sem ficar esperando a ajuda de ninguém .
vai que tem coisa melhor por aí ...
mas, também não é ter nada, nada ... tenha dignidade, e seja você mesmo, acho deprimente gente que copia os outros ( vale reforçar isso aqui ? )
e, um conselho aos desocupados : parem de ficar dando palpite em coisas que vocês não tem capacidade de superar :]
é só isso ... ♫

sexta-feira, 12 de março de 2010

e acaba sempre tudo igual ♫


hoje seria um dia como um outro qualquer, se não fossem as coincidências .
existem muito mais filhos únicos, de famílias católicas, com os pais separados, a
vontade de ser hippie e que não acreditam em amor nos dias de hoje do que eu imaginava O.O
até hoje, eu achava que era a única no mundo .
mas, eu descobri que existe gente como eu em cidades perto, mas, também tem gente que nem eu lá na Argentina G.G'
é cara, a essência do ser humano é a mesma, é uma pena que alguns ajam como idiotas :/
se as pessoas parassem para analisar o que realmente importa, talvez percebessem que não são tão melhores quanto elas acham que são .
_____________________________________________
e as postagens estão cada vez mais curtas .-.
não me pergunte o motivo porque eu não sei :X

quinta-feira, 11 de março de 2010

se a vida gasta em você ... ♫


pessoinhas, não se reprimam .
se te fazem de idiota : se vingue .
podem dizer o que quiserem, eu não vejo nada de errado nisso .
se falam mal dos seus ídolos de graça : fale mal dos caras com cabelos de chapinha também ( AHUAHUAH )
ah cara, eu já cansei dessa bobeira de ficar sendo legalzinha com todo mundo e ficar levando patada .
agora honey, o que vale pra mim é : " aqui se faz, aqui se paga . "

Amélia que era mulher de verdade ♫


acho que eu já postei sobre isso uma vez, mas, vale reforçar a idéia ...
os homens só achavam que a tal da Amélia era mulher de verdade, porque ela fazia tudo sem reclamar .
vai ver que ela nem fez nada de errado, só continuou querendo ser boazinha, mas, o tal do homem ficou de fogo em seus respectivos orifícios, e mandou a Amélia embora pra algum lugar por aí ...
depois, quando ele percebeu que não tinha ninguém pra fazer o trabalho pesado, ficou se lamentando .
bem feito .
e a Amélia ? bem, na minha opinião, ela foi mulher o suficiente pra não voltar e mandar o cara pra p... q... o p...

quarta-feira, 10 de março de 2010

vamos brincar de índio ♫


enfim, eu acho que as pessoas viajam quando elas dizem que isso, ou aquilo é " programa de índio " ; afinal, os índios devem se divertir bem mais que nós as pessoas " civilizadas " porque nós complicamos tudo, e eles não .
a viagem da escola foi boa, mas, não foi lá essas coisas, nem deu pra nós vermos todas as invenções e coisas legais que tinham lá :/
então, mudando o termo, foi um " programa de civilizados ", porque o povo complicou tudo mesmo D:

desculpe, estou um pouco atrsadA ♫


bem gente, eu tava meio sem tempo nos últimos dias ( como sempre ? .-. )
então fica aí o meu parabéns para todas nós mulheres, mesmo que atrasado, afinal, não é só durante um dia que nós precisamos ser mulheres o suficiente para sermos " mais macho que muito homem ", nós somos assim o ano inteiro , então, parabéns pra nós xD

domingo, 7 de março de 2010

um dia perfeito ♫


o Domingo foi legal, não vi o campeonato de skate ( Rio Vert Jam ) pela televisão, mas, vi um de perto na minha cidade . ( até hoje eu não aprendi a andar T_T )
conheci muita gente legal, ouvi muitas músicas legais ,
e estou com as pernas doendo de tanto andar G.G mas, valeu a pena, não vou esquecer desse dia tão cedo .
:)

this is not a love song ♫


Sid e Nancy, muitos acham uma história de amor linda, mas, pra mim, é uma história de amor que não era recíproca .
que graça tem ficar com uma pessoa se você não gosta dela ?
falta de opção ?
sinceramente, se for por isso, é melhor ficar sozinha ( antes só que infeliz, digo isso por experiência própria ) .
então, fica a dica : por mais mal que as pessoas falem do cara, não ligue se você realmente gostar dele de verdade, e ele sentir o mesmo com você, as outras coisas, não importam, afinal se vocês estão juntos, vão batalhar juntos xD

quinta-feira, 4 de março de 2010

era tudo o que eu queria ♫


menininhas que eram boazinhas : revoltem-se ainda mais .
hoje eu fiquei com muita raiva .
durante dois anos seguidos, eu fui uma boa menina só pra ir ao show do Detonautas ( mas, agora me pergunta se eu consegui D: ) e enquanto isso, os ratos de laboratório, e as ratas de pouca roupa do Big Brother, assistiram ao show deles e do Raimunos, e tem gente lá que nem gosta T.T
isso é mesmo deprimente, você sempre vai pelo caminho certo e aparece alguém que nem sabe o que é que você quer, mas, consegue tomar de você .
e eu não fazendo drama não, isso é muito triste mesmo, pois eu cresci ouvindo que os bonzinhos seriam recompensados no fim, mas, quando eu cresci, descobri que eles iam levar um diploma de otários profissionais .
a tal da Justiça é cega, surda e muda, é .

quarta-feira, 3 de março de 2010

accidentally in love ♫


amor é um bichinho realmente esquisito e que adora fazer grandes estragos .
então, seria o amor um cupim ? ( nem me pergunta de onde eu tirei isso, porque eu não faço a menor idéia ) .
sabe quando você gosta de alguém, mas, não sabe que gosta ?
isso é estranho, porque parece que às vezes, você só gosta dessa pessoa, de tanto as outras pessoas encherem a sua cabeça de minhoquinhas nojentas, ou você realmente gosta daquela pessoa, e tá na cara pra todo mundo, menos pra você .
e se quando você descobrir a verdade já for tarde demais ?
sei lá cara, vai que acontece alguma coisa, e a sua vidinha não é que nem um filme e você nunca vai encontrar esse ser humano novamente ?

terça-feira, 2 de março de 2010

o primeiro ódio que vira amor, também não *--*


é gente, eu fico o dia inteiro pensando nas bandas que eu gosto, mas, nunca pensei em postar sobre elas aqui .-. ( não tenho vergonha de assumir que eu não entendo NADA de música . pra entender tudo é só decorar o que tá na Wikipédia ? mas, pra amar não *-* )
enfim, eu só escutava rock, mas, não amava mas, um dia vendo um DVD do Michael Jackson, eis que surge o Slash, aí sim cara, foi amor à primeira vista e à primeira ouvida xD
passado um tempo, eu assisti o clip de Welcome to the Jungle pela primeira vez, aí sim eu me apaixonei, não só pela voz do Axl ( mais uma vez ), mas, pelo dono da voz também .
e eles são os caras mais estilosos que eu já vi na vida *--* ( vai ter gente que vai criticar, mas, eles são bem melhores do que os playboyzinhos, xx e não sei das quantas e etc, etc )
HAUAHUAHUH . )
e, vai ter o show do Guns no Brasil, pena que só sobrou a voz do Axl, porque os membros foram sendo " renovados " e o Axl não é mais aquele Axl :/
mas, ainda sim, eu amo o Guns, porque uma coisa que a gente odeia hoje e passa a amar amanhã, depois e depois, não é fácil de esquecer não é ?
seja pra ouvir, pra assistir, ou pra ter inspiração na hora de vestir ; serão sempre eles *--* pra mim não importa quanto tempo faz, o que é bom, dura pra sempre, mesmo que não exista mais .

segunda-feira, 1 de março de 2010

o primeiro amor, a gente nunca esquece *--*


OK, OK .
quem ler isso aqui assim, vai achar que o Simple Plan foi a primeira banda que eu realmente gostei .
ah cara não foi, mas, quando eu comecei a curtir música internacinal, essa foi a primeira banda que virou minha " paixonite pré adolescente " ( juntamente com Linkin Park e Green Day ). eu devia ter uns 12 anos quando eu ouvi Welcome to my life pela primeira vez , eu já gostava de uma música deles ( Shut up ), mas, gostava sem saber, porque eu não sabia de quem era .
aew, um ano depois, veio a fase " mamãe quero ser emo " ( HAUAHUAHU ), e eu fiquei com um medo enorme de que quando a modinha passasse, eu enjoasse da cara, e das músicas deles .
mas, que bom que isso não aconteceu ( a fase - finalmente- passou, mas, o amor não *--* ) foram tantos os posteres que eu pedia até pra gente que eu nunca conversei na vida ( nem um NÃO, ou muitos me fizeram desisitir ) e até hoje eu não coloquei nenhum na parede, porque a mamãe não deixa :X , CD deles eu nunca tive, porque eu só encontrava quando eu tava sem dinheiro ¬¬'
camiseta também não, porque eu nunca tive camiseta de banda :/ ( morar na roça é fogo, sabiam ? xD )
e as brigas que eu arrumava na escola quando as patricinhas idiotas da minha sala falavam mal deles . eu não podia deixar, né ? e sempre tinha uma idiota que falava que isso era exagero, porque eles nem sabiam quem eu sou ( mas, vai falar mal dos ídolos bestas delas com nomes estranhos pra ver --' )
e eu acho que vai ser do mesmo jeito pra sempre, mesmo que as pessoas falem mal deles ( afinal, tem eu pra defender xD ) e eles serão os caras que marcaram o começo da minha adolescência, os dias de fossa, de brigas, os dias que eu me trancava no quarto com o rádio tão alto pra ninguém ouvir gritar .
eu sempre disse que ninguém no mundo deveria saber como é ser como eu, eles nem sabem quem eu sou, mas, é incrível como parece que eles sabem como é . *--*
.