segunda-feira, 3 de maio de 2010

I will keep you my dirty little secret ♫

é, os vários dias atacam, atacam e não me deixam em paz .
cansei ...
hoje faz exatamente dois anos que eu vi o meu maior pesadelo virar realidade .
quando eu tinha quinze anos, eu era bonita, não tinha notas ruins, tinha um celular, as coisas ( quase ) nunca davam errado, todas as pessoas que implicavam comigo eram de fora da minha família . e a minha única preocupação ? responder à altura algumas pessoas chatas que eu via antes de ir pra Igreja ...
e também, havia um garoto, que eu achava que gostava de mim, sei lá ...
no dia 1º de maio, o meu pai resolveu esquecer que ele havia ajudado a colocar um troço que ele chama de filha no mundo, e não veio me buscar para ir no encontro de motos na cidade vizinha . e, havia alguém lá ... eu até tentei ligar pra poder avisar, mas, não deu :(
depois disso, o meu pai me deu o direito de pensar que nem a Matilda, pois, eu tive a certeza de que os filhos também podem castigar os pais .
eu só consegui ir pra lá dois dias depois, mas, o menino tava com outra, e mesmo se ele não tivesse, eu tava com a minha redoma de vidro . ( minha mãe tava lá, sabe ) .
resultado : passei o domingo ouvindo Radiohead e chorando sem parar :/
eu continuei conversando com o menino na boa, e ele demorou uns dois meses pra me dizer que ele estava namorando com ela, porque ele achava que eu não tinha visto nada naquele dia .
depois de alguns meses, eu até consegui realizar o meu sonho *--* , mas, foi tudo por água abaixo, porque em menos de uma semana ele voltou com a menina .
o que sobrou de mim hoje ?
uma menina feia, gorda, que chora por qualquer coisa ( mais do que antes ), umas notas ruins, um celular que não funciona, porque caiu no vaso ¬¬', sem alguns amigos ( inclusive ele ), coisas dando muito errado, uns parentes chatinhos ... e a única parte boa, é que eu me livrei das meninas chatas .

Nenhum comentário:

Postar um comentário