segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

O fabuloso destino de Amélie Poulain


e ontem, finalmente, eu consegui assistir " O fabuloso destino de Amélie Poulain " . não assisti muitos filmes franceses, mas, acho todos os que eu assisti muito lindos . não só pela história, mas, a fotografia, a imagem, os atores e os figurinos são lindos .
o filme é bem diferente do que eu esperava, mas, é um bom filme .
a Amélie é uma personagem muito fofa *-*
ela era filha única, sozinha, ajudava os outros, mas, as vezes, não conseguia se ajudar ( que nem eu ) .
eu deveria falar muito sobre o filme nesse post, mas, não vou fazer isso . só vendo mesmo pra você se apaixonar por ele também :)
e se você já viu, vale a pena rever, ou procurar mais filmes franceses para assistir .

o filme é realista, mas, sem perder a doçura . lindo, mas, com um pouco de tristeza e um pouco de mistério também . assim como a própria Amélie .
talvez, depois de rever o filme, eu escreva sobre ele aqui de novo .

sábado, 19 de fevereiro de 2011

can you practice what you preach, and would you turn the other cheek ? ♫


hoje, como de costume, eu fui a Igreja . o padre estava falando de perdão, assim como a Bíblia .
o padre disse que as vezes, nós ficamos com raiva do que alguém diz /faz , mas, não paramos pra pensar se a pessoa estava bem nesse dia .
mas, e quando você está quieto no seu canto e a pessoa vem meter o nariz onde você não chamou ?
quando a pessoa não está bem, não tem que deixar os outros mal também, não é mesmo ?
o padre disse que as pessoas tem um lado bom e um ruim ( isso é verdade ) , ou seja dois lados . mas, pra mim, tem gente que além de dois lados, tem duas caras .
eu também ouço falar de igualdade e justiça, mas, quando eu fazia Crisma, eu não podia nem respirar, enquanto, todo mundo podia falar abobrinha ¬¬'
e por motivos parecidos, eu larguei a minha vida de catequista .
não dizendo que o que eu aprendi na Igreja está errado , estou dizendo que muitas pessoas que frequentam a Igreja ( assim como muitas que frequentam a escola ) concordam com o que elas aprendem lá, mas, esquecem disso depois que passam pela porta .
eu discordei, mas, não quer dizer que o padre estava errado, porque cada um tem a sua opinião, mas, eu não vou dizer que concordo com alguma coisa e depois sair por aí e fazer tudo ao contrário . e o mesmo vale pra quem está lendo isso : se você disser ou pensar uma coisa que você considera certa, mantenha as suas opiniões firmes . não diga X e depois faça Y , porque isso é mentir . e a gente aprende na Igreja, em casa, na escola, na vida e com nós mesmos, que mentir é errado .

quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

let your hair down ♫


vai ter gente que vai querer me mandar pra fogueira por isso . tem gente que quer me mandar pra fogueira por tudo !
e hoje, mais um texto sobre coisas que eu aprendi na escola ...
vai ter gente que vai dizer que com o sofrimento a gente aprende e blá blá blá . a gente pode até aprender, mas, bonzinho é que a gente não fica .
gente, olha que gracinha essa menina da foto *-*
eu já tive o cabelo que nem o dela, um dia . e ninguém me deixava em paz . na época, muita gente me dizia pra eu não ligar . ok, agora, tenta explicar pra uma criança que o Papai Noel não vai trazer o que ela pediu . É A MESMA COISA !
eu sofri perseguição na escola por todos os lados : colegas de classe, gente de outras salas, professores, diretor ... enfim, sempre tinha um idiota . ( mas, não pense que não sofri perseguição na minha família também ) não só por causa do cabelo, mas, por um milhão ( ou mais ) de coisas .
depois de um tempo, eu parei alisar o cabelo ( mas, foi porque existe em uma cidade perto da minha, uma garota que sonha em viver a minha vida ¬¬' ) muita gente resolveu falar também ( o que me dá vontade de criar uma lei que faça perseguidores emocionais terem que comprar antidepressivos para seus perseguidos . )
hoje, crescida, eu sei muito bem me defender de quem vai falar mal de mim . eu acho que essa é a única coisa que eu deveria ter aprendido desde cedo .
eu já cansei de ouvir : " você não pode fazer isso, porque vai ficar feio em você . " ou " isso é coisa de pobre ! ou ainda " isso não combina com cabelo duro ! " . tá, mas, o que essas pessoas tem haver com isso . se uma pessoa branca fizer " marmota " ninguém acha esquisito .
não é culpa de fulana se ela é negra, de beltrana se ela é branca, ou minha, se eu fico no meio do caminho !
e tem mais : ser pobre, ou rica, nunca impediu as pessoas de escolherem se elas querem ser felizes, ou não . então, porque tem que ser diferente quando elas escolhem quem elas querem ser ?!
cada um pode, e deve, ter a vida, e o cabelo que quiser !

( ps : o que eu acho mais ridículo . se você quiser usar as cotas para negros , para entrar na faculdade, você só precisa dizer que você é negro . muita gente que debocha dos outros, por não ter cabelo lisinho, faz isso ! ¬¬' )

quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

Blur - Good Song



meu amigo me mandou esse vídeo . talvez ele se decepcione com o texto HSAUHSAUH
e antes de começar ... Blur é aquela banda que toca Song#2 , é uma ótima música, sim, mas, as outras músicas também são muito boas :)
assistindo ao vídeo eu pude observar várias coisas, como
* sempre tem um estraga festa .
* existem várias formas de amor .
* existem placas e diversos modos de vista para interpretar as mesmas .
* guerras são idiotas, porque não tem motivos plausíveis e nunca são de igual pra igual .
* matamos parte da natureza para presentear . ( as vezes )
e por último, mas, não menos importante :
* se você ama alguém, tome cuidado, e não é apenas para não se ferir, porque, quando você ama de forma doentia, pode fazer mal para a pessoa, mesmo sem querer . éé, nem toda história de amor tem um final feliz .
e, apesar de eu ter certeza de que esse texto não foi bom ( peço desculpas ao por isso ) , vale a pena reforçar uma coisinha :
não se apegue a monotonia, e vida a beleza da estranheza da vida, porque se tudo fosse normal SEMPRE, não teria graça .

terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

forever alone


texto com um dia de atraso .
ontem, em alguns lugares do mundo, foi dia dos namorados . o que pra mim, não faz muita diferença , e não é porque o dia dos namorados ainda não chegou aqui no Brasil, é porque eu não tenho namorado .
muita gente escreveu forever alone em redes sociais no dia de ontem , ( a Fliperella, escreveu um texto com esse nome no blog dela também, eu adorei o texto *-* ) por um lado estar sozinha em um dia como esse , não é tão ruim, já que você sabe que não é o única ( é , tem horas em que ser a única em alguma coisa não é bom ) mas, ao mesmo tempo, isso parece só mais uma desculpa daquelas que inventamos pra nós mesmos, para acabar com o peso na consciência, e nos sentirmos um pouco melhor .
eu gostei muito tempo de uma pessoa, que vai ser " feliz pra sempre " com outra pessoa que é uma daquelas pessoas que sempre joga pedras no meu caminho . talvez, seja por isso que em certas épocas do ano, eu quero mandar toda essa baboseira sentimental pro espaço .
não sou pessimista, mas, apesar de acreditar " em tanta coisa que não vale nada (♫) " não acredito que algumas coisas da minha vida terão alguma mudança repentina um dia . o dia dos solteiros ( no Brasil, pelo menos ) é dia 15 de agosto . então, de ontem até esse dia ( e até depois dele, vai saber ) , o meu coração está forever alone .

segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

eu vivo o pesadelo do pop - eu sei ♫


Indie Rock ... não tenho nem palavras pra descrever, mas, eu só sei que é bom demais !
é tão bom conhecer uma banda que quase ninguém conhece, ou conhecer uma banda antes de todo mundo .
( sem contar, que os indies são umas das tribos mais estilosas que existem )
eu já conheci muitas bandas indies ( ou não ) antes do pessoal da escola . só que a " parte ruim " de gostar de uma coisa, seja o que for , antes de todo mundo, é que as pessoas te condenam por isso, e depois que essa coisa fica famosa, as pessoas parecem esquecer de que você gostava antes, e ficam dizendo que você é só mais um na multidão ( falta de espelho em casa, sabe ? ) .
ser indie é difícil hoje em dia, porque com o avanço dos meios de comunicação, tudo se torna conhecido mais rápido, por um lado, isso é ótimo para as bandas, e ruim para os fãs, porque a SUA BANDA, cai na modinha . e não pense que isso acontece só com bandas novas . bandas tidas hoje como " clássicas " também viram modinha .
dizem que " a moda sai de moda, mas, o estilo jamais . " leve isso para o lado da música também, porque no fim das contas, se você ama mesmo a banda, você vai amar mesmo se ela for desconhecida para o " resto do mundo " , ou se ela se tornar " a melhor banda de todos os tempos da última semana " e se tornar esquecida daqui a um dia, um ano ou dois .
e pra finalizar : eu acho que todo mundo devia parar de se importar com o que a mídia, e/ou as pessoas chatas que nós conhecemos nos dizem pra gostar , e ser mais indie, não só na música, como nas opiniões também . afinal, ( pelo menos pra mim ) um dos motivos para os indies serem tão apaixonantes é a personalidade própria deles ( tanto as bandas, quanto os fãs ) .

quem não sonhou em ser um jogador de futebol ? ♫


é, o Ronaldinho ( podem chamar de Ronaldo Fenômeno, ou como vocês quiserem, mas, desde que eu era criança, eu chamava de Ronaldinho xD ) se aposentou .
apesar de muita gente falar mal dele, eu não tenho aqueeeeeeeela opinião formada , mas, ele participou de vitórias importantes na Seleção Brasileira, então, ele tem que receber reconhecimento .

só fiquei triste porque ele não encerrou a carreira no Flamengo ( e não, eu não tenho nada contra o Corinthians, acho a coisa mais linda de se ver o amor desses torcedores pelo time ) , mas, mesmo assim :
MUITO OBRIGADA, RONALDINHO !

sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011

so , what's wrong with being selfish ? ♫


( eu sei que a Veruca não é egosísta, ela é mimada e chata mesmo, o que eu considero, como coisas diferentes )
muita gente me chama de egoísta, mas, uma certa dose de egoísmo usada com bom senso não é o fim do mundo .
quando eu era pequena, muita gente me enrolava com essa história de " você tem que repartir as suas coisas com os seus coleguinhas " aí, quando eu repartia, escutava : " quem mandou você emprestar ? " ( com o tempo eu aprendi sozinha, que educação é uma coisa que as pessoas só recebem por formalidade, porque ela não vale pra todos os casos ) .
então é o seguinte : acho bobeira doar as coisas que você não quer mais, pra quem você sabe que não vai cuidar direito, porque se for assim, é melhor guardar com você . imagina que você tem um ex-namorado que é boa pessoa , não é só porque vocês terminaram, que você vai querer que ele fique com uma destrambelhada ( essa foi a única palavra que eu " encontrei " ._. ) .
se você gosta mesmo das suas coisas, não deixe as outras pessoas - não importa quem seja - sequer encostarem a mão . imagine que seja possível pegar dignidade de outras pessoas , se você é uma pessoa decente, não vai deixar um político ladrão pegar a sua, não é mesmo ?
não é só porque apego material é uma coisa errada ( e que está na lista de " coisas erradas que as pessoas adoram " ) que você vai deixar os outros destruírem o que você construiu com esforço .
/ ps : podem até ficar com raiva de mim , mas, ninguém me enrola mais com essa conversa de dividir .

quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

we're all living in Amerika , Amerika it's wunderbar ... ♫

com toda certeza alguém vai querer discordar de mim, mas, já fizeram isso tantas vezes, que eu não me importo mais .
eu seria ( muito ) hipócrita se eu dissesse que ao menos uma vez na vida, eu não tive vontade de morar nos Estados Unidos . nos seriados, nos filmes água com açúcar tudo parece tão lindo ... as tribos, as bandas ... enfim, a cultura de lá é mesmo apaixonante, mas, eu ainda sim, eu discordo de muitas coisas .
séculos atrás, os Estados Unidos, era um lugar cheio de índios que nem o Brasil. e também, assim como o Brasil " recebeu uma visitinha " da Europa ( eu também sinto amor e ódio pelas coisas que eu penso sobre lá ) . mas, com o decorrer dos anos, se tornou um lugar que apesar de bonito, as vezes é visto como hostil ( assim como a Europa ) .
e além de índios, lá também existiram escravos negros, que nem no Brasil . e lá é um país mais racista do que aqui ... lamentável ¬¬'
é tão ridículo chamar só os Estados Unidos de América , afinal, esse é o nome do continente, não do país, então, não há motivos pra isso , afinal , Brasil, México, Haiti, Argentina ... todos esses lugares também pertencem a América, mas, ao continente, não ao país que apelidaram assim .
apesar de gostar de muitas coisas que vieram dos dois lugares ( Europa e Estados Unidos ) eu ainda tenho um olhar torto pra eles ( mas, não para as pessoas de lá em geral, apenas para os " estraga festas " ) , porque eu odeio quem quer mandar nos outros quando não tem razão .

sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

the original fire has died and gone, but, the riot inside moves on ♫


os dias aumentam cada vez mais, e eu, me conformo cada vez menos .
antigamente querer mudar o mundo realmente significava querer mudar o mundo . as pessoas vestiam a camisa causas em que acreditavam . literalmente .
hoje em dia, " querer mudar o mundo " significa vestir uma camisa, mas, figurativamente . acho tão ridículo pessoas que vestem camisetas de bandas, movimentos, ou qualquer outra coisa sem saber o que é . como que uma pessoa que não tem atitude o suficiente nem pra ser ela mesma, vai mudar o mundo ? só se for pra pior .
e isso me lembra outro assunto .
tem gente que diz, que certos jovens agem dessa forma, para poder irritar os pais . o que eu acho extremamente ridículo . se você quer chamar a atenção dos velhos , está revoltado com a vida , e/ou quer chamar a atenção de quem você gosta . por que fingir ? existem ENE maneiras de fazer isso sendo você mesmo .
muita gente sempre me diz que eu gosto de aparecer, mas, eu nunca fingi .
quando eu tinha 13 anos, eu era emo de verdade , eu nunca soube fingir sobre mim . nem para os outros, nem para mim me
sma . naquela época, eu me identifiquei bastante com os emos, porque eu gosto de rock, coisas fofas e sei que ninguém me entende . eu não sou mais emo, mas, ainda gosto das bandas, das coisas, fofas, e as pessoas continuam a não me entender .
com 15 anos eu tive idas e vindas . fui do punk rock pro heavy metal e dele para o hard rock e para o reggae . ( nessa época, eu também conheci muitos hippies *-* ) .
eu mudei com o tempo, eu sou a mesma pessoa de sempre, e as épocas da minha vida que ajudaram a construir a minha personalidade ( não digo FASE, afinal, não sou nem Lua e nem jogo ._. ) sempre vão existir dentro de mim . o que me faz passar várias mensagens através do modo como eu me visto .
mas, a questão é que, eu não sou uma jovem de antigamente, mas, pra mim, mudar o mundo, ainda significa mudar o mundo . se eu consigo isso, por que as outras pessoas não conseguem ? isso é tão mais fácil do que perder tempo chamando mais atenção pra sua falta de personalidade do que pra você mesmo .

( e os pais, deveriam corrigir os filhos, quando eles tentam ser o que eles não são . não quando eles estão se expressando verdadeiramente ! )

I'm in the business of misery, let's take it from the top ♫


como eu não recebo muitas perguntas no meu Formspring, eu adicionei um daqueles perfis que mandam um monte de perguntas para a inbox . recentemente, recebi lá a seguinte pergunta AMOR OU DINHEIRO ? uma pergunta pequena, mas, que me deixou remoendo a resposta por algum tempo .
ambos são coisas que a maioria das pessoas busca a vida inteira, mas, nem todas conseguem . e muitas vezes, talvez como consolo as pessoas que buscam uma coisa ou outra escutam a frase " quando você menos esperar, ele vai aparecer . " . será mesmo ?
é fato que essas coisas não precisam necessariamente camuflarem uma a outra . ou seja : se você ama alguém, ame pelo coração dessa pessoa, nunca pelo bolso !
se você realmente dá valor ao dinheiro, você tem que se levantar do sofá e trabalhar pra conseguir o seu . em alguns casos, isso vale para o amor também . mas, como muitas coisas na vida, você não tem nenhuma garantia , porque tem gente que chega ao final da vida sem as duas coisas, ou sem uma delas - e muitas vezes, não é por querer - .

( OBS : a música do título é do Paramore , mas, a da foto é do Good Charlotte ) .

quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

a que ponto nós chegamos, hein ... ? ♫


( não é preconceito, são bom senso e preferências ! )
no último Rock in Rio no Brasil, eu era criança, e nem sabia o que era .
mas, agora mesmo querendo muito ir, eu estou começando a achar esse evento uma palhaçada, e das grandes ( sim, estou dividida ) .
provavelmente eu não vou, mas, eu quero . e acho que em alguns casos, dinheiro e pais legais são as coisas mais injustas que existem . sim. porque muitas patricinhas posers irão ao evento ( e contribuir para a palhaçada aumentar ) .
muitas bandas boas virão, de fato , mas, muita a coisa nada haver também . o que axé tem haver com Rock in Rio ?! o que os organizadores estão pensando ?! que só porque o evento leva RIO no nome, vão transformar tudo em Carnaval ?!?!? ( e mesmo se pensarem isso, ainda estão errados, porque até eu sei que o que é famoso no Carnaval carioca são os desfiles de escolas de samba ) . em alguns casos, como este, coisas que acontecem no Brasil, são um grande e terrível absurdo .
se o nome do evento fosse AXÉ IN RIO por exemplo, só teria bandas de axé ;
se fosse SAMBA IN RIO , só teria samba ;
( ok, acho que todo mundo entendeu a minha indignação e/ou pelo menos onde eu quero chegar ) .
existe uma grande diferença . uma coisa é colocar bandas de rock ( rock de verdade, não esse Carnaval que algumas bandas brasileiras fazem ) no evento, mesmo que nem todos os rockeiros sejam fãs ( isso também vale para bandas que não são de rock, mas, fazem , sucesso entre os roqueiros - sim, isso existe ) . outra coisa é colocar coisas que não tem nada haver com rock em um evento de rock . isso faz o número de posers aumentar, porque acham que axé e rock é a mesma coisa só porque tem banda de axé no evento ¬¬'
e mais ... pra que fizeram aquela enquete ?
se eu quero estatística que não funciona, eu pego um livro de Matemática e faço exercícios sobre esse tema .


e aí ? é mais fácil amar ou odiar o Rock in Rio ?

mas, daqui a um mês ...


é , sumi um pouco daqui e eu acho ( mas, espero que não ) que vai ser cada vez mais difícil escrever aqui com frequência, mas, eu vou tentar .
na última semana aconteceram muitas coisas :
fiz aniversário, comecei na faculdade e ajudei a cuidar dos meus primos . está sendo tudo muito legal, mas, ao mesmo tempo, muito cansativo .
estou tão atarefada que até tive que abandonar ( por pouco tempo, eu espero ) o livro que eu estou lendo - e eu odeio isso .
eu espero que daqui a um mês, as coisas já estejam mais tranqüilas .