sábado, 31 de dezembro de 2011

fim.


quando 2011 começou, eu estava morrendo de medo. achei que seria uma bosta, depois achei que seria muito foda, e depois achei (de novo) que seria uma bosta (tá,parei).
eu abri mão de muita coisa que eu queria, quebrei a cara incontáveis vezes, e morri de raiva dia sim e outro também, e descobri que as coincidências podem assustar, mas também aconteceram coisas maravilhosas, eu realizei muitos son
hos e também conheci pessoas maravilhosas, a maioria apareceu em situações incomuns, ou na Internet. 
agradeço a todos que tiveram paciência comigo, aos que estavam longe, mas comigo em pensamento, aos que deram corda pras minhas maluquices, aos que me deram conselhos úteis, e aos que acreditaram em mim. 
não gosto dessa baboseira de reflexão de fim de ano e blá blá blá, mas achei que desta vez isso realmente seria necessário.
agradeço a todo mundo que me deixou feliz este ano. e espero de verdade que essas pessoas sejam muito felizes. e quem me aborreceu, que fique bem vivo e com saúde, e principalmente, bem longe de mim, mas que vejam o meu sucesso (Y)

Nenhum comentário:

Postar um comentário