domingo, 26 de fevereiro de 2012

... fashion, put it all on me ... ♫ (parte2)


Criei a minha conta na Fashiolista em 2011 (ou lá pelo fim de 2010, não me lembro muito bem) e me viciei em amar várias coisas lá (o site é como um we♥it, mas tem haver com moda), e depois de um tempo eu ficava bem triste por não ter várias coisas, mas mesmo assim não me considero consumista, porque muita coisa que eu vejo, seja na internet, vitrines e etc, eu não usaria. Mas depois, me dei conta de que seria mais legal fazer (que nem os broches/bottons que hoje em dia eu tenho muita preguiça de fazer :~ ) ou comprar em bazar/brechó. (mesmo antes de ser universitária, a minha grana sempre foi curta)

Muitas pessoas tem preconceito com roupas de segunda mão, (mas adoram pedir a roupa de outra pessoa, o que é praticamente a mesma coisa) mas eu não dou muita importância pra isso. No Lookbook existem várias pessoas estilosas que compram em lojas desse tipo, e as roupas são lindas.

OBS1: existem vários tipos de brechós, mas geralmente, os mais baratos são os de caridade.
OBS2: nesses casos, eu acho que a compra meio que  por impulso é válida, afinal, só existe uma peça lá, e você não sabe até quando. Mas, pense se a peça te agrada ! (e óbvio, se está em bom estado)
OBS3: pode ser hipocrisia da minha parte, porque apesar de ser vegetariana, compro coisas de couro em brechó, mas eu penso que isto é menos pior do que comprar em lojas, porque a peça já existe a muito tempo, e se essas peças forem compradas em lojas, serão fabricadas cada vez mais. Por exemplo: essa bolsa da Hermés é de pele de carneiro, achei linda, mas eu não compraria, por isso acho que comprar peças de couro em brechó é menos cruel. (e pra quem gosta de O Diário da Princesa, no livro Lições de Princesa, a Mia faz comentários sobre peças que tem relação com a matança de animais. - o livro é muito legal, eu recomendo).
OBS4: na Revista Galileu (de Março/2012), tem uma matéria legal sobre brechós, mas é mais destinada a quem quer montar um.

Nenhum comentário:

Postar um comentário