sábado, 23 de junho de 2012

... fashion put it all on me ... ♫ (parte3)

hoje em dia eu acho uma gracinha essas bonecas,
apesar d'elas terem vida curta. tive algumas, mas
na infância eu detestava HAHA
Quando eu tinha uns 13 anos (além de ser brega que só KKKK) eu queria estudar moda, e foi assim até o ano passado, mas devo confessar que mesmo com um aperto no coração por isso, estou a ponto de desistir. Muita gente que eu conheço foi contra, mas esse não é um dos motivos.
A moda deveria ser uma forma de expressão,                          mas ultimamente até nos - antes cheios de fotos de gente realmente estilosa- blogs de street style (quase)tudo o que se vê é gente igual.
Camisas de banda, caveiras, acessórios de cruzes ou de olhos, creepers, (coisas que eu sempre gostei, mas não tenho a maioria delas) etc e tal antes mal vistos, agora são mais acessíveis, essa é a parte boa, mas também a parte ruim, visto que qualquer um pode comprar - e usar.
Não sei o que é pior, quem torna as coisas modinha por causa do dinheiro, ou quem gasta dinheiro em coisas que nem gosta só pra estar na moda.

... Well,we got no class ... ♫

me identifico com esta imagem ._.
Greve dos professores e dos servidores das Universidades Federais já dura pouco mais de um mês, e pode soar bem egoísta da minha parte, mas quando isso tudo começou eu fiquei feliz pois conseguiria ficar em dia com os trabalhos, mas eu não contava com a astúcia dos professores em passar milhões de trabalhos pra esse momento (já que eu não terei férias, podiam me permitir aproveitar agora né ? ¬¬').
Os professores reivindicam entre outras coisas um aumento de salário, mas cá entre nós e sem querer desvalorizar a profissão alheia, se eles que tem um emprego estão desse jeito, imaginem os alunos sem tempo disponível pra trabalhar e que não podem arrumar um emprego nesse meio tempo visto que a greve é por tempo indeterminado ...

domingo, 17 de junho de 2012

... I don't wanna be told to grow up ... ♫

(posts quase sempre atrasados -.-') 
Dias atrás eu estava xeretando o meu próprio blog, aí eu percebi que ele completou três anos no último dia 5, e apesar de não escrever aqui todos os dias eu nunca pensei que ele fosse durar tanto tempo.
Sempre tive vontade de ter um blog, porque dos 7 aos 14 anos +/- eu escrevia diários (que assim como este blog não eram atualizados todos os dias) onde eu falava das coisas que eu gostava e da chatice das pessoas ao meu redor. Semana passada eu precisei arrumar o armário, e lá estavam os meus antigos diários, (todos foram presentes) o primeiro (na verdade eu tive um antes desse, mas desapareceu) da época em que eu ainda estava aprendendo a escrever era cheio de erros de Português, os outros cheios de adesivos e rabiscos. (no primeiro eu falava de Power Rangers no espaço, no último de X-Men).
Aos 16 anos eu ainda ganhava diários, mas não tinha mais tempo/vontade e/ou coisa parecida pra escrever em um, então resolvi fazer um blog pra lembrar do dia em que eu salvei uma vida, a vida de um grilo. Queria fazer deste blog um diário, mas desisti. 
E hoje, aqui estou, depois de ler e reler as minhas aventuras e desventuras no papel e na Internet. Não tinha percebido até então que do ano 2000 pra cá eu não mudei quase nada, meus diários não contém fatos diários, ainda cometo erros de Português, ainda gosto de Power Rangers, X-Men e filmes do Tim Burton, ainda não li Harry Potter nem O Senhor dos Anéis (e nem vi todos os filmes), ainda adoro Sessão da Tarde, ainda vejo Mulan e Chaves e ainda existe muita gente chata implicando comigo. Mas aqui também existem outras histórias e coisas que apesar de existirem naquela época não eram tão evidentes, como a revolta com a escola e a paixão por Capital Inicial e Peanuts. Em junho de 2009 eu comecei a escrever aqui, poucos dias depois eu li Peter Pan, e apesar de sempre achar que eu era uma menina crescida, agora eu sei que de alguma forma eu sempre vou fazer parte do grupo dos Meninos Perdidos.

terça-feira, 12 de junho de 2012

educação sentimental ♫

















E como todos sabem é o dia dos namorados aqui no Brasil, mas como muita gente reclama da data, hoje li um tweet do @caodadepressao chamando o dia de hoje de dia do recalque , e a expressão também se encaixa muito bem, mas em partes.
Quando a data está próxima o que mais de vê nas redes sociais é gente reclamando da solidão e vez ou outra do materialismo de certas datas comemorativas. Que é chato é, mas no fundo essas pessoas tem um pouco de razão, pois se os apaixonados podem falar de amor na Internet, porque os solteiros reclamões também não tem esse direito? É praticamente a mesma coisa ... (e todo mundo sabe que dependendo de quem vem o presente não quer dizer nada)
Estar solteiro é uma coisa, mas estar rodeado de casais e ficar sobrando é outra história (que por sua vez é muito triste). Do mesmo jeito que é muito bom ter vários amigos meninos (sim, amizade entre homem e mulher existe), mas é muito ruim quando algum deles arranja uma namorada que te odeia e quer separar vocês.
Então, todos os dias, mas ainda mais em datas como a de hoje fica a esperança de que as pessoas (comprometidas ou não) usem o bom senso em todos os relacionamentos.

Para aqueles que gostam de rir da sua própria tristeza e/ou saber que não são os únicos que se são zicados e/ou que estão com o coração partido sempre haverá  Peanuts e Soulstripper.

E para todos os casais simpáticos que eu conheço: feliz dia dos namorados! (e também para todos os meus namorados que as más línguas inventaram pra mim e para os meus amigos que eu já fingi que namorei HAHA)

quinta-feira, 7 de junho de 2012

procura-se um ranger vermelho !

Andros <3

Em 2011 eu recomecei a assistir Power Rangers. Como o Google facilita a vida de todo mundo na hora de achar algo ou alguém, resolvi saber o paradeiro dos atores. Comecei a procurar pelos de Mighty Morphin (e fiquei muito triste de saber que a Thuy Trang - Trini/Ranger Amarela havia morrido em 2001), e depois procurei pelos atores da temporada No Espaço (que como já disse, é a minha preferida), foi aí que o meu drama começou, não tinha quase nada sobre o Christopher Khayman Lee, que interpretava o meu ranger preferido, o Andros/Ranger Vermelho.
Depois de Power Rangers, o Christopher fez participações em Sétimo Céu [7th Heaven] (1999)  e em That '70 Show (2004) (séries que eu sou louca pra assistir, mas ainda não assisti) e atuou em A light in the forest (2002) (não sei se esse filme chegou ao Brasil, e se sim não foi com o nome original traduzido ao pé da letra  /o filme é infantil, estilo Sessão da Tarde, mas parece ser bem legal) e depois disso ele não apareceu muito por aí. Li neste blog coisas que me deixaram realmente assustada - lá diz que ele talvez esteja com depressão - e eu nem consegui saber se é  verdade ou não, pois não tem muitas muitas notícias sobre ele nos dias de hoje. Encontrei uma página no Facebook feita por um garoto que é fã dele, mas lá a maioria das pessoas está no mesmo barco: só perguntas, boatos e nenhuma resposta. Tentaram perguntar para a irmã dele (Chyler Leigh, que também é atriz), mas até agora não houve resposta.
Apesar do mistério e dos boatos, eu espero de verdade que ele esteja feliz, o Andros é uma das melhores lembranças da minha infância e eu torço muito para que a "parte existente" (não sei bem se é este o termo) dele esteja bem.

Sétimo Céu

A Light In The Forest 
 Alguém aí sabe de alguma coisa ?
Se sim, por favor me avise!

sexta-feira, 1 de junho de 2012

... a broken heart can't be that bad ... ♫

 O título do post é o trecho de uma música do Mr. Big, mas define perfeitamente os temas das músicas feitas pelo Soulstripper.


do site oficial da banda: " (...) A banda toca um rock & roll despretensioso e muito, mas muito divertido. Com duas guitarras e uma bateria (pois é, não tem baixo), o som remete a vários estilos de rock de ontem e hoje, com um pezinho no rock clássico. Dá pra perceber claras influências de blues e Jovem Guarda em suas canções. Mas foi de uma música do australiano AC/DC, do lendário guitarrista Angus Young, que foi tirada o nome da banda.

 Além das músicas animadas e dos solinhos e riffs deliciosos, o mais legal na Soulstripper, são as letras das "músicas de amor". São descaradas, divertidas, atrevidas e... Muito caras de pau, na verdade. E por isso que é bacana. (...) "

Descobri no mês passado e como todo mundo tem uma playlist que embala os momentos de coração partido, eu nem pensei duas vezes em colocar o nome da banda na minha lista. Geralmente as músicas nesse tipo de lista aumentam ainda mais a tristeza, mas não as dessa banda, o efeito é totalmente contrário, quem ouve certas músicas deles pode até não concordar com certas coisas, mas é impossível não achar graça.

Ps: se o Charlie Brown fizesse parte de uma banda, com certeza seria desta !

A knight's tale

Wat: You have been weighed.
Roland: You have been measured.
Kate: And you have absolutely...
Chaucer: Been found wanting.
William: Welcome to New World. God save you, if it is right that he should do so.




Heath Ledger, Queen, Thin Lizzy, aventura, feministas, cabelos coloridos e um visual incrível, um dos melhores filmes da Sessão da Tarde. ♥