sexta-feira, 9 de agosto de 2013

Obrigada por voltar



O meu dia não está lá muito bom, por isso eu resolvi adiantar esse texto, porque não é todo dia que se tem uma notícia não boa.
Eu passei uns onze anos pensando que tudo estava bem (e estava, mas eu ainda não sabia) e que eu poderia ter notícias suas quando quisesse, mas um dia eu descobri que não era bem assim, porque afinal de contas, você havia desaparecido. Passei um bom tempo desesperada e procurando filmes do fim da década de 90 e do começo dos anos 2000, porque pensava que seriam as minhas últimas chances de ver você.
Uns posts assustadores perdidos pela blogosfera, mas algo me dizia que não era verdade. Eu sabia que tínhamos uns amigos em comum, mas não tinha coragem de perguntar pra eles. Até que um dia, apareceu um cara com o link pro teu perfil, mas não tinha nem fotos e nem amigos lá, o que estava quase acabando com as minhas esperanças. Um tweet com um endereço de e-mail me fez pensar durante algum tempo e me deu coragem. Escrevi, mas sabia que as chances de não haver resposta e/ou d'ela demorar seriam enormes, mas ela chegou em poucas horas. Chyler, nunca terei palavras pra te agradecer.
No mesmo dia, eu recebi a notícia de que eu conheceria os meus ídolos que chegaram na minha pré adolescência, mas a felicidade foi completa porque eu também tive notícias do cara que chegou na minha vida 5 anos antes, em uma época em que eu nem sabia escrever direito, mas me esforçava pra falar dele no meu diário.
O Andros nunca sumiu do meu coração e nem vai sumir, mas foi muito bom saber que a parte viva dele só sumir porque estava trabalhando na sua HQ.
Obrigada por voltar pros seus fãs, mas eu te agradeço ainda mais por voltar pra mim.

(1 ano )

quarta-feira, 6 de março de 2013

Você deixou saudade ... ♫


Hoje eu acordei bem, porque teria um dia tranquilo em casa. Teria. Resolvi checar o Facebook e me deparei com a notícia da morte do Chorão. Fiquei em choque.
Ouvi Charlie Brown Jr. praticamente todos os dias desde a minha pré adolescência até os 18 anos. Foi uma das minhas bandas preferidas durante muito tempo. A banda xará de um dos meus personagens preferidos. Fazia muito tempo que eu não escutava as músicas, mas parei pra fazê-lo ainda no Domingo.
É inacreditável!
O Chorão sempre teve o meu respeito. Ele fez um show na minha cidade natal em 2010 (e cobrou a reforma da pista de skate ao prefeito). Disse que voltaria no ano seguinte, e voltou mesmo! Mas não só por isso, ele esteve presente em vários momentos na minha vida sem nem ao menos me conhecer: nas aberturas de Malhação, me fez querer aquelas garrafinhas da promoção da Coca-Cola, nos meus momentos de tristeza por causa da escola, desilusões amorosas, quando eu disse AZUL pra algum amigo meu, nas minhas tardes solitárias ouvindo música alta em casa e até no meu diário.
Quase fui pisoteada em um show, perdi meu brinco preferido e a minha tão sonhada jaqueta vermelha. Tudo por causa dele.
Ele deixou um skate lá na minha cidade, está em uma avenida, perto da pista de skate que foi reinaugurada quando a banda passou por lá da última vez. Sempre me lembrarei dele em momentos como esses e também quando eu passar pela Beira Rio  (mesmo que tirem o skate de lá um dia).
Por todas as alegrias, momentos de rebeldia e até mesmo pelas lágrimas: valeu, Chorão. Um dia a gente se encontra. 

A Ruiva e A Japonesa

Conheço muita gente que ama ruivas e/ou que também ama japonesas. E também conheço muita gente que ama Soulstripper!
Ontem, a banda lançou duas músicas novas, uma sobre uma ruiva e uma sobre uma japonesa. Amei as músicas e resolvi voltar pro blog pra divulgar as músicas.






A banda merece os parabéns. Eles se superam a cada música.

blogando por aí


Voltei! Aconteceram tantas coisas nos últimos meses que eu nem sei por onde começar...
Eu meio que abandonei o blog, mas a verdade é que eu não deixei de escrever.
Existem alguns assuntos sobre os quais eu queria escrever, mas eles não se encaixam aqui, então, resolvi me aventurar e colaborar com outros dois blogs São eles:


Imaginem um diário de comportamento, moda e música. Cheio de DIY, looks do dia, peças cheias de estilo,  wishlists maravilhoas, coisas que são tendência no mundo, mas sem perder a identidade brasileiríssima. Assim é o Pouco Brega blog do Rafu, da Flávia e da Liz, criado em 2011. Me inscrevi pra ser colaboradora de lá em Novembro do ano passado e estou amando a experiência.





Lembram que eu prometi que contaria várias coisas sobre Power Rangers aqui no blog? No final do ano passado e com o fim de alguns blogs legais sobre a série, eu e dois amigos que fiz quando estava à procura do Christopher, resolvemos criar o nosso próprio blog, o Galáxia Rangers. Lá falamos de brinquedos, como os atores estão atualmente, curiosidades e outras coisas.


Bem, é isso. Espero não abandonar aqui mais uma vez e que vocês visitem os blogs.

Eles também estão no Facebook:
Pouco Brega e Galáxia Rangers